domingo, 11 de julho de 2010

Espírito de Porco

Eu gosto de coisas divertidas. E o teatro tem muitas possibilidades nesse quesito. Há uma sutil peculiaridade aí, pois ser divertido não é a mesma coisa do que ser engraçado ou cômico. Uma piada pode arrancar uma risada, mas não necessariamente te deixa alegre.

A turma 44, para qual eu fiz técnica, apresentou o espetáculo Espírito de Porco baseado na obra A revolução dos bichos de George Orwell. Pois bem, não li o livro. Mas sei que não se trata de uma história engraçada e sim de uma bela crítica social a partir de uma metáfora muito bem pensada.

Mas falemos de teatro e dessa diversão encantadora do espetáculo. Imagine você ter ido assistir um espetáculo, e a primeira linha, de todos os atores em uníssono é “o velho Jones tinha um sítio ia ia ô” e então toda a descrição da fazenda e dos animais é apresentada na música, já fazendo compreender aquele universo e a forma que a história que será contada.

Todos os atores fazem todos os bichos através de códigos gestuais, ovelhas ficam sempre pulando, galinhas ciscando, quando representam os porcos, as mãos tem um trejeito específico, os sabiás têm sotaque carioca, a mimosa é mimada e por aí vai.
Ouvi dizer que o gênero desse espetáculo é infantil-adulto e cabe muito bem. Pois tem uma forma infantil com tema adulto, os jogos de cena não fazem espetáculo se perder do conteúdo político presente na obra original, passando uma mensagem clara.

A história original já é brilhante, apesar de não ter lido, conheço outras obras do autor e confio na afirmação. Mas o espetáculo tem seu brilho na forma que foi feito, incrivelmente contagiante, pelo menos para mim. Como assisti a ensaios e vi duas vezes o espetáculo, gostei tanto que até na hora de contar sobre o espetáculo para alguns amigos que não viram, eu imitei os gestos dos bichos(ainda bem que isso é não é um vlog).

Foto: Ana Paula Lazari

3 comentários:

  1. Oi Rodrigo, acho q não me conhece, mas já que disse pra atormentar, aqui estou eu. Sou a Ana Paula Lazari, fiz as fotos (pra FASCS) da peça, inclusive aquela que saiu no Diário do Gde ABC. O que acha de colocar uma aki? Bjs,

    ResponderExcluir
  2. Ana! Conheço você de vista. Eu estou justamente atrás de fotos! Você pode mandar no meu e-mail magano@gmail.com indicando como deve ser o crédito da imagem?

    ResponderExcluir
  3. Aí, sim garoto...ta famoso seu blog, hein! Tb adorei Espirito de Porco...

    ResponderExcluir

Atormenta aí!