segunda-feira, 15 de março de 2010

Estréia

Esse é o primeiro post do meu novo blog. Se você está lendo na data em que foi escrito é muito provável que me conheça e está aqui por que eu pedi (oi mãe).

Estrear é fazer algo pela primeira vez. E você, sagaz conhecedor da minha pessoa sabe que não é a primeira vez que escrevo um blog, mas de qualquer jeito, esse é o texto de estréia do blog Atormentado. Considerando o propósito deste blog, é a primeira vez que faço algo desse tipo.

Mas qual é o propósito?

Primeiramente, peço perdão pelo infame trocadilho que dá título ao blog:

- Desculpem-me pelo trocadilho infame que dá título ao blog.

Agora, ao propósito (estão preparados?):

Documentar as desventuras de um recém-formado jornalista, vulgo eu, matriculado no curso técnico em arte dramática, vulgo teatro, da Fundação das Artes de São Caetano do Sul.

Entendeu?

É simples, quero manter um registro para me auxiliar nos estudos que envolvem a formação de um ator esperando que essas informações compartilhadas aqui possam vir a ser úteis a terceiros.

Ah, mas então você não definiu um público. Em que bosta de faculdade você estudou quatro anos de comunicação social com habilitação em jornalismo?

Isso não vem ao caso. O que importa é o simples propósito que foi exposto. Documentação, memória e ajuda. Até a hoje me arrependo de não possuir um backup do meu vergonhoso blog escrito dos 13 aos 16 anos no extinto Weblogger. Podia ser vergonhoso, mas muita coisa boa se perdeu. Por que a gente esquece as coisas e acha normal.

Quanto ao público, espero ter um público ao menos modesto. Porque a pessoa que escreve, espera que outro leia. Logo, assim que eu verificar possuir um público fiel, irei procurar conhecer seu perfil (isso,  o seu!!) e agradá-lo.

Espero comentários, críticas e sugestões que sempre são bem-vindos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atormenta aí!